Connect with us

LJF

Jogo da Terceirona é interrompido no início do 2º tempo e vai a julgamento

Foto: Luiz Veríssimo/ND

Um episódio lamentável tirou o brilho da rodada de abertura da Terceirona 2019. Após torcedores invadirem o campo e ameaçarem jogadores, a partida entre Marítimo e Atlético Pirabeiraba, no último domingo, no Estádio do Papagaio (Estrela da Praia), foi interrompida no início do segundo tempo e será julgada. Até a decisão do juri, o resultado parcial será considerado pela Liga Joinvilense de Futebol para efeito de classificação.

  Publicidade  

Tudo começou na etapa inicial. Prevendo uma confusão, já que havia uma pessoa na arquibancada presente com histórico de desentendimento com o goleiro do Atlético Pirabeiraba, a polícia militar foi acionada. Uma viatura se deslocou até o local, mas se retirou minutos depois.

Com o “caminho livre”, o torcedor invadiu o campo, aos dois minutos do segundo tempo, e foi em direção do goleiro José Maurício. Seguindo o primeiro, outras pessoas também entraram no gramado portanto pedaços de madeiras, correntes, garrafas e cordas. Nada de grave aconteceu porque membros dos times fizeram um “cordão” de isolamento protegendo o atleta visado.

Contidas, as pessoas se negaram a deixar o gramado e a polícia foi novamente solicitada, mas não pôde ficar até o apito final e o Atlético Pirabeiraba se negou a dar reiniciou ao jogo sem seguranças presentes.

Toda a situação será julgada pelo Tribunal da Liga Joinvilense de Futebol nas próximas semanas.

– Confira o relato do árbitro Paulo Sergio Travasso na súmula:

“Informo que aos 15 minutos do 1º tempo, por solicitação do capitão da equipe Atlético Pirabeiraba, atleta de Nº 08, Paulo Cesar Morais, foi acionada a polícia militar por questões de segurança, visto que havia um histórico de confusão entre o atleta de nº 01 da equipe Atlético Pirabeiraba, José Mauricio dos Anjos, e um torcedor presente. Após alguns minutos a polícia se fez presente porém se retirou do local. Aos 2 minutos do segundo tempo, um torcedor invadiu o campo de jogo e foi em direção do atleta José Maurício. Em ato contínuo diversos outros torcedores invadiram o campo de jogo portando pedaços de madeira, cordas, correntes e garrafas. De imediato os atletas de ambas as equipes fizeram um “cordão” com os braços dados para proteger o atleta José Maurício, e mesmo contidos, os torcedores presentes se negaram a deixar o campo de jogo. O responsável pelo campo de jogo tentou iniciar um diálogo com os torcedores mas o mesmo foi agredido com socos e pontapés pelos torcedores. Após o relato, o delegado da partida solicitou novamente a presença da polícia militar, que chegou após 27 minutos. Os policiais informaram que tinham outras solicitações e não poderiam permanecer no local. Desta maneira, a equipe Marítimo queria que a partida continuasse porém a equipe Atlético Pirabeiraba se negou a continuar por motivos de segurança. Reforço que nenhum jogador ou torcedor de ambas as equipes participou da confusão e agiram de maneira pacífica durante todo o ocorrido. “Informo que a partida não foi reiniciada após o ocorrido.”

1ªRodada
2ªRodada
3ªRodada
4ªRodada
×
×
×
×
×
5ªRodada
×
×
×
×
×

PosClubePtsJVEDGPGCSG%
193300523100.0
27321030377.8
36320164266.7
46320152366.7
55312051455.6
64311133044.4
72302112-122.2
81301227-511.1
91301227-511.1
100300315-40.0

Texto: Thiago Borges

2 Comments

2 Comments

  1. Pingback: Atlanta lidera a Terceirona com 100% de aproveitamento - Esporte Joinville

  2. Pingback: Segunda rodada da Terceirona começa neste sábado (15) - Esporte Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em LJF