Connect with us

JEC

JEC apresenta técnico e anuncia retorno de centroavante para 2020

Foto:

O Joinville apresentou agora há pouco, durante o 2º Happy Hour com os Sócios, o técnico contratado para a temporada 2020. Velho conhecido da torcida tricolor, Fabinho Santos (foto) está oficialmente de volta ao clube, que também anunciou o retorno do centroavante Lima – ainda não apresentado por pendências burocráticas.

João Maria Lima do Nascimento, mais conhecido como Lima, é o maior artilheiro da história do Joinville Esporte Clube. O centroavante de 37 anos marcou 140 gols com a camisa do Coelho em meio um empréstimo e outro entre os anos de 2008 e 2013, quando também participou da conquista do Campeonato Brasileiro da Série C de 2011. Atualmente, o goleador estava no Paraíba, clube que disputou a Primeirona de Joinville.

Assim como o artilheiro, Fabinho Santos remete boas lembranças aos torcedores do Norte do Estado. Foi dele o gol do título catarinense de 2000, aos 44 minutos do 2º tempo, diante do Marcílio Dias. Na ocasião, o meia entrou no lugar do Paulinho, na etapa final do duelo disputado no Ernestão, quando estava 1 a 1, e marcou o emblemático gol no minuto final do jogo, escapando de um soco quando driblou o goleiro adversário.

Mais tarde, como técnico, Fabinho passou pelas categorias de base do JEC até ter oportunidade no profissional, entre 2016 e 2017. À beira do campo, comando o time em 35 jogos, saindo de 11 deles vitorioso. Seu trabalho mais recente foi ano passado, como auxiliar-técnico do Rogério Micale, no Paraná.

Texto: Thiago Borges

4 Comments

4 Comments

  1. Pingback: Anunciado pelo JEC, retorno do Lima divide opiniões dos torcedores - Esporte Joinville

  2. Rodrigo

    6 de novembro de 2019 at 11:31

    Tá formando um belo time para o Primeirona ano que vem. O Juventus e o Tamandaré que se cuidem.

  3. Abrão Balsanelli

    5 de novembro de 2019 at 20:33

    Deveriam aproveitar fazer uma seleção da primeirona dar a camisa do JEC e pronto, já teríamos um belo time para 2020.

  4. Nilson

    5 de novembro de 2019 at 20:29

    Chegaram realmente ao fundo do poço. Bananeiras que já deram cacho. Pode fechar as portas. Triste fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Mais em JEC