Connect with us

JEC

Saiba como anda a intertemporada tricolor no CT Morro do Meio

Foto: Júlio Cesar/JEC.com.br

Sem calendário até a metade de setembro, o elenco profissional do Joinville segue se reapresentando de segunda à sábado no CT Morro do Meio. Mas pra fazer o quê? Treinamento físico. Sem técnico, o preparador Renan Capra é responsável por comandar as atividades diárias dos jogadores.

Na verdade, o JEC ainda tem um técnico (inicialmente contratado como auxiliar). Mesmo com a confirmação de que Danilo Portugal não ficará para a Copa Santa Catarina, o profissional segue cumprindo com suas obrigações contratuais. Porém, com poucas “peças” e outras encaminhando suas transferências, os trabalhos coletivos com bola estão paralisados.

Com a indefinição de quem assumirá o comando do clube no restante da temporada, o dia a dia do Joinville tem sido muito mais movimentado fora de campo do que dentro. Ontem, por exemplo, mais três profissionais acertaram suas rescisões (veja aqui).

Mas para facilitar e deixar você por dentro de tudo, listamos as principais informações sobre a situação atual do elenco tricolor. Confira abaixo!

  • ELENCO

Rescindiram (9): o goleiro Jefferson, os zagueiros Marlon Renato Justi, o lateral-direito Ângelo, os volantes João Ananias Leandro Salino, o meia Giba, o atacante Matheus Pimenta e o preparador de goleiros Alberto.

Emprestados (1): Erick Daltro – lateral esquerdo – para o Náutico.

Continuam (18): Dalberson (G); Luan, Eduardo Melo e Diego Bispo (Z); Kotaro Umeda e Lucas Sena (LD); Tiago Costa (LE); Leandro Bulhões, Neto* e Eduardo Person  (V); Robert, Wellington Rato e Caíque (M), Adriano, Hugo Almeida, David Batista, Felipe Alves e Jean Dias (A).

Desceram (5): Saile, Leonardo Coltro, Willian, Antony e Baianinho foram reintegrados ao time sub-20 para a disputa do Campeonato Catarinense da categoria.

  • POR QUE O DANILO NÃO FICA?

Em entrevista ao radialista Luiz Carlos Fossile, na última sexta, o gestor de futebol do clube, Adilson Fernandes, explicou que o JEC não tem condições de atender os pedidos feitos pelo profissional e por isso o contrato dele, que tem validade até agosto, não será renovado.

– O Danilo fez algumas exigências contratuais e financeiras que o Joinville não consegue alcançar neste momento – disse.

Em outras palavras, Danilo pediu um planejamento a longo prazo e garantias de que o clube cumpriria com suas responsabilidades financeiras. Ele deixa o Tricolor com 58,33% de aproveitamento – duas vitórias, um empate e uma derrota em quatro jogos.

* O volante passou por cirurgia no ligamento cruzado anterior e menisco do joelho esquerdo nesta manhã. A previsão é de que retorne aos gramados somente ano que vem.

Texto: Thiago Borges

 

SÉRIE D 2021

 

PRÓXIMO JOGO

3ªRodada
×

CLASSIFICAÇÃO - GRUPO A8

 
Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Mais em JEC