Connect with us

Basquete Joinville

Sem novos patrocinadores, Basquete de Joinville pode abrir mão do NBB 11

Sem garantias de um time competitivo para a próxima edição do Novo Basquete Brasil, o NBB, o Basquete de Joinville pode abrir mão de disputar a próxima temporada da competição. Mesmo com a vaga garantida após a compra da franquia pela Red Horse, a incerteza na montagem do elenco pode fazer o time joinvilense disputar a Liga Ouro.

A afirmação foi feita pelo gestor da equipe, Kelvin Soares, nesta terça-feira, dia 19, na Rádio 89 FM.

Atualmente, a equipe precisa de outros dois patrocinadores mensais de R$ 20 mil para garantir a formação competitiva na próxima temporada. Elenco e comissão técnica ainda não foram definidos.

A torcida de Joinville merece um time que dê alegrias. Entre ficar pagando conta e perdendo jogos no NBB, podemos optar em fazer um time competitivo, conquistar bons resultados e, possivelmente, o título da Liga Ouro. É uma cultura de vitória. – Kelvin Soares

Apoiadores em 2017, Unisociesc, Red Horse, Timemania e Unimed seguem no projeto.

Se não conseguir a garantia financeira para viabilizar um time que brigue pelos oitos primeiros lugares, o Basquete de Joinville pode se licenciar do NBB 11, retornando na edição 2019/2020 já com a garantia da vaga, visto a obtenção da franquia. Este, no entanto, não é o principal interesse de todos os participantes do projeto.

O prazo estipulado pela Liga Nacional de Basquete é o dia 15 do próximo mês. Além de Joinville, outras equipes também passam por problemas financeiros para a manutenção e continuidade dos trabalhos. Na última semana, o Vitória desistiu. Da mesma forma, Basquete Cearense e Vasco da Gama também estudam a participação.

Texto: Gabriel Fronzi
Foto: Leonardo Júlio

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Mais em Basquete Joinville