Connect with us

JEC

Relembre a campanha do acesso do JEC na Série D de 2010

No dia 5 de maio, o Joinville inicia a sua segunda participação numa Série D. Na primeira, em 2010, o Tricolor foi bem sucedido: conquistou o acesso para a Série C. Claro que é preciso lembrar que o acesso não veio dentro de campo – aconteceu depois de uma longa disputa nos tribunais, que acabou com a punição do América-AM, que atuou com o volante Amaral de forma irregular.

De qualquer maneira, a campanha tricolor foi boa no campeonato: 12 jogos, seis vitórias, quatro empates e duas derrotas. Naquele ano, o JEC teve dois treinadores: Edinho Nazareth Leandro Machado. Edinho foi demitido após a quarta rodada da fase de classificação. Apesar de o Joinville estar na liderança, o presidente Marcio Vogelsanger entendeu que era preciso mudar o comando do time que vencia, mas não agradava.

Edinho Nazareth comandou o Joinville em 18 jogos, conquistando nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Na Arena, foram nove partidas, sendo sete vitórias e dois empates.

Para o seu lugar, veio Leandro Machado, que se manteve invicto até o mata-mata que definia o acesso. No entanto, perdeu o jogo em Manaus (AM) para o América-AM e, no jogo da volta, apesar de ter saído na frente, não conseguiu vencer os manauenses.

Na primeira fase, a campanha do Joinville teve 100% de aproveitamento em casa, além de dois empates e uma derrota. No primeiro mata-mata, duas vitórias sobre o Iraty. A boa campanha deu ao JEC a vaga na quarta fase antecipadamente, independentemente do resultado diante do Operário-PR na terceira fase – na época, o regulamento previa a classificação do time eliminado, mas de melhor campanha na disputa. Ainda assim, apesar do empate na Arena, o JEC venceu o Operário em Ponta Grossa.

Na disputa do acesso, o América-AM (equipe de pior campanha) enfrentou o Joinville. Na ida, o Tricolor foi surpreendido e perdeu por 2 a 1. Na ocasião, o gol qualificado era um critério de desempate. Portanto, bastava vencer por 1 a 0 para garantir a vaga. Na volta, Ricardinho abriu o placar, de pênalti, aos 21 minutos. Mas Luis Carlos, aos 42, igualou e complicou o Tricolor, que, nervoso, não conseguiu os gols da vitória.

Eliminado em campo, o Joinville descobriu fora dele que o rival cometeu uma série de irregularidades. Após a denúncia, o Tricolor perdeu a primeira disputa no STJD. Recorreu ao pleno e, lá, conquistou o acesso.

Veja abaixo a campanha que rendeu o acesso ao Joinville
22 pontos
12 jogos
6 vitórias
4 empates
2 derrotas

1ª fase
Joinville 2 x 1 Oeste
Operário 1 x 0 Joinville
São José 1 x 1 Joinville
Joinville 2 x 1 São José
Joinville 2 x 0 Operário
Oeste 0 x 0 Joinville
2ªfase
Iraty 0 x 2 Joinville
Joinville 2 x 0 Iraty
3ªfase
Joinville 0 x 0 Operário
Operário 0 x 1 Joinville
4ª fase
América-AM 2 x 1 Joinville
Joinville 1 x 1 América-AM

Texto: Elton Carvalho

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Campeonato Catarinense

PosClubePtsJSG
1391827
232185
332189
427180
527184

Catarinense 2019

Mais em JEC