Connect with us

JEC

Agnello Gonçalves revela o perfil escolhido pelo Joinville para 2019

A apresentação do técnico Zé Teodoro, nesta quinta-feira, dia 8, na Arena, irá marcar uma nova etapa no planejamento do Joinville para a temporada 2019. Por mais que o clube já tenha observado as principais carências do elenco e estipulado um número aproximado de 12 contratações, somente após a chegada do treinador é que efetivamente serão concluídos os contatos com os jogadores mapeados. Independente dos acertos, entretanto, o perfil dos profissionais já foi estipulado pelo departamento de futebol.

Em entrevista exclusiva à 89 FM hoje cedo, o gerente executivo Agnello Gonçalves revelou que o clube definiu o modelo que buscará no mercado: Jogadores reativos, com agilidade no pós-perda e uma boa minutagem nos últimos três anos. Com isso, é fácil diagnosticar, antes mesmo da chegada do treinador, que o Joinville, visto a baixa capacidade de investimento, priorizará um modelo de reação, deixando a bola com o adversário na maioria das partidas, principalmente no Estadual.

“O clube tem que ter um perfil dele, não do Agnello, não do Zé (Teodoro). Estamos atrás de jogadores reativos, jogando em recuperação, para que tenhamos êxito no pós-perda. Temos que buscar este tipo de jogadores e que, sobretudo, tenham um comprometimento com a instituição, principalmente nas questões extra-campo, além de uma boa minutagem nas últimas três temporadas”, disse.

Jogar de forma reativa não é algo novo para o Joinville. As equipes de Arturzinho (2011), Leandro Campos (2012), Hemerson Maria (2014) e Rogério Zimmermann (2018) atuavam reagindo ao adversário. Ou seja, esperando no contra-ataque ou marcando alto, no campo de ataque. A novidade mora em perceber que o momento defensivo no futebol não é algo isolado do jogo, e pode ser usado também para facilitar o ataque e outras ações.

Foto: JEC.com.br

Normalmente, equipes reativas que obtiveram sucesso (com exemplos de Itália-82, Brasil-94, Botafogo-17 e Corinthians-17) escolhem controlar o espaço e o tempo, deixando a bola com o adversário, sem levar em consideração a importância de jogar se defendendo. O que compõe o futebol reativo é o controle de todas as variáveis, menos a bola.

“Sou cauteloso. Nós trabalhamos com o esporte de alto rendimento e o tamanho do Joinville não pode ser o que está hoje. Entendemos o momento do clube, mas temos que fazer o nosso melhor e defender o clube da melhor maneira. Fica evidente que, independente da forma de jogar, nosso maior objetivo será o acesso à Série C”, completou Agnello.

A reapresentação do elenco do JEC acontece no próximo dia 22 e seguirá até a véspera do Natal. Depois de uma pausa de alguns dias, os jogadores vão se reapresentar no dia 2 para intensificar a preparação até a estreia no Campeonato Catarinense, contra o Brusque, no dia 16 de janeiro.

Texto: Gabriel Fronzi
Foto: Beto Lima

Deixe seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copa SC

PosClubePtsJSG
1271021
220108
316104
4910-6
5810-5
6310-22

Notícias da Copa SC 2018

Mais em JEC