Connect with us

JEC

Agnello afirma que seu trabalho de contratações no JEC é muito satisfatório

Logo após a entrevista coletiva de apresentação do técnico Felipe Surian, na tarde de terça-feira, o gerente de futebol do JEC, Agnello Gonçalves, comentou seu trabalho no clube. Questionado pelo colunista sobre a qualidade das contratações, Agnello declarou estar “muito satisfeito” com o que tem feito até aqui.

– Em relação às contratações, (o trabalho é) muito satisfatório. Muito satisfatório. O retorno que a gente esperava (das contratações) não é satisfatório – afirmou.

Questionado novamente pela coluna se as coisas não estão diretamente ligadas (contratações e desempenho coletivo), Agnello discordou.

– Meu trabalho é contratar os melhores jogadores dentro do orçamento que tenho. O trabalho do técnico é pegar todos os jogadores e fazê-los render o máximo dentro de campo. Precismos desassociar as responsabilidades – respondeu.

Ainda sobre a qualidade dos jogadores do atual elenco do Joinville, Agnello fez questão de lembrar que elas estão ligadas ao orçamento disponível.

– Não podemos esquecer que o aspecto econômico do nível destas contratações é de Série D.

Em outra pergunta do colunista, comparando o que entregava o Marcílio Dias no Campeonato Catarinense (atual quarto colocado, recém-promovido da Segunda Divisão Catarinense) e o Joinville (sétimo lugar), Agnello respondeu:

– Quantos jogadores do Marcílio Dias vão ser negociados? Não estou só para montar elenco e ganhar. Estou aqui também para prospectar negócios para o clube.

Por fim, Agnello pediu que as avaliações (e críticas) não sejam feitas apenas pelo “resultadismo” do futebol.

 – A gente está comentando resultado (comparando as campanhas). O maior problema de comentar futebol é comentar resultado – concluiu.

Nota do colunista

Após esta resposta, o colunista ponderou que é preciso, sim, considerar o resultado neste ano por ele ser uma temporada atípica para o Joinville – na qual, o clube depende do bom resultado no Campeonato Catarinense para garantir calendário em 2020 (vaga na Série D) e também por ter apenas seis jogos garantidos na Série D (que iniciam imediatamente após o fim do Catarinense).

Agnello ainda admitiu que o número de contratações desde a sua chegada é de 24 jogadores, mas considera apenas 19 em razão de perdas não programadas – Allan Dias, Rodolfo, Marlyson, Breno e Vitor Baffana. 

Texto: Elton Carvalho
Imagem: Beto Lima, JEC

2 Comments

2 Comments

  1. Pingback: Elton Carvalho: "O trabalho no JEC está longe de ser muito satisfatório" - Esporte Joinville

  2. Fabio

    25 de março de 2019 at 11:07

    Higor Soares,e Lucas Hipólito do tupinambás, seria uma ótima contratação, ambos tem 23 anos e jogaram muito no campeonato mineiro pelo tupinambás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Mais em JEC